Carga extraviada: causas, responsabilidades e estratégias de prevenção

Conheça as situações que podem levar ao extravio de produtos e entenda as melhores práticas para evitar carga extraviada em suas operações.
Entenda como lidar com a carga extraviada na sua operação.

A carga extraviada nas operações de transporte é um problema que afeta tanto a transportadora, quanto o cliente. 

O extravio acontece quando a carga não chega ao seu destino previsto, por motivos como roubo, furto, acidente ou erro logístico. E, ainda que não aconteça com tanta frequência, é preciso estar preparado e ter um plano de ação para lidar com esse tipo de situação.

Confira melhor a seguir:

O que é uma mercadoria extraviada?

Um produto extraviado é uma carga que não chegou ao seu destino conforme planejado.

Quando uma mercadoria é considerada extraviada, significa que ela se perdeu em algum ponto da cadeia de suprimentos, deixando de ser rastreável e acessível tanto para a empresa transportadora quanto para o cliente final.

Isso pode ocorrer por uma série de motivos, como erros no planejamento de rotas, falhas administrativas, roubo, acidentes ou problemas durante o trânsito.

Como acontece uma carga extraviada?

Roubo ou furto de cargas

O roubo ou furto de cargas é uma das causas mais comuns de mercadorias extraviadas. Essas situações podem ocorrer em rotas de alto risco ou quando as medidas de segurança não são implementadas ou suficientes.

Além disso, os roubos podem acontecer em paradas não planejadas ou em locais de armazenamento inseguro.

Planilha gratuita para o controle de pneus na frota

Organize em um só lugar o registro de todos os pneus de sua operação e reduza custos através de uma maior vida útil e menor consumo de combustível.
Eu concordo com os Termos de Uso e aceito receber conteúdo educacional e promocional relacionado com os produtos e serviços da PrologApp.

Erros no planejamento logístico

Esses erros podem ocorrer em algumas etapas diferentes da operação, como no planejamento das rotas, organização das documentações ou na comunicação entre as partes envolvidas.

Nesse tipo de cenário, a carga extraviada pode incluir a entrega de mercadorias no local errado, despacho incorreto ou falhas na coordenação entre centros de distribuição.

Falha nas medidas de segurança no transporte

Falhas na segurança do transporte, como sistemas de rastreamento que não atuam em tempo real ou a ausência de protocolos de segurança, também podem contribuir para a carga extraviada.

Sem medidas de segurança adequadas, as mercadorias tornam-se vulneráveis a uma variedade de riscos durante o transporte.

Problemas climáticos e de infraestrutura

Condições climáticas adversas ou falhas na infraestrutura de transporte, como estradas precárias, em obras ou inundações, podem desviar as cargas de seu curso previsto, resultando em extravio. 

Esses problemas, muitas vezes, são imprevisíveis e exigem um planejamento logístico flexível e adaptável.

Acidente de trânsito

Colisões, tombamentos ou outros tipos de acidentes podem causar atrasos consideráveis nas entregas e exigem uma resposta rápida para minimizar as perdas e realocar as cargas, se possível. 

Nem sempre é um caso de carga extraviada, pois, na maioria dos casos, as cargas não deixam de ser rastreadas e localizadas, mas são danificadas ou destruídas.

O que fazer em caso de carga extraviada?

Quando ocorre o extravio de uma carga, ações imediatas e estratégicas são fundamentais para minimizar os impactos. 

O primeiro passo, em caso de extravio ou dano, é a transportadora realizar uma investigação interna para entender o que aconteceu e, se for o caso, compensar o cliente de acordo com os termos do contrato de transporte e as apólices de seguro. 

É importante manter registros detalhados e sistemas de monitoramento de rotas para defender-se em casos de petições injustas e para facilitar o processo de reivindicação de seguro. 

Além disso, as empresas de transporte devem ter políticas claras e procedimentos para lidar com essas situações, garantindo uma resolução rápida e justa para todas as partes envolvidas.

Nesse sentido, outra ação que deve ser tomada é revisar e ajustar as práticas operacionais e de segurança para prevenir futuros incidentes de extravio.

Como se dá a responsabilidade da transportadora em caso de dano ou extravio da mercadoria?

Legalmente, as transportadoras são responsáveis por perdas ou danos ocorridos assim que recebem a mercadoria para realizar a movimentação e transporte.

Isso, a menos que possam provar que o extravio ou dano foi causado por fatores fora de seu controle, como condições climáticas extremas ou ações de terceiros.

A responsabilidade da transportadora em caso de dano de mercadoria ou carga extraviada é regida por uma combinação de contratos de transporte, leis locais e nacionais, e termos de seguro.

Por isso, possuir seguros como o RCTR-C (Responsabilidade Civil Transportador Rodoviário de Cargas) e demais modelos de seguro que cubram acidentes e outras ocorrências é fundamental.

Qual a melhor estratégia de prevenção para evitar a carga extraviada?

Monitoramento dos veículos

Ter um sistema de rastreamento e monitoramento dos veículos e cargas é uma maneira eficiente de acompanhar constantemente e em tempo real a localização da carga.

Assim, diminuindo as chances de extravio e aumentando a capacidade de resposta rápida em casos de desvios.

Procedimentos padronizados de segurança

Seja no transporte ou nos momentos de carga e descarga do veículo, é preciso estabelecer padrões de realização das atividades. 

Estabelecer esses procedimentos para que sejam seguros reduz riscos de danos e perdas durante as operações.

Identificação de vulnerabilidades

Realizar auditorias frequentes dos processos da frota ajuda a identificar e corrigir falhas que possam levar à carga extraviada.

Plano de gestão e contenção de riscos

Desenvolver e manter planos de contingência para lidar com situações de extravio garante uma reação rápida e eficiente para minimizar impactos. 

O seu plano de gestão de riscos deve mapear todas as prováveis situações em que o motorista pode se encontrar e identificar qual a melhor ação para aquele momento. E isso deve ser comunicado e disponibilizado aos motoristas para que saibam como agir em cada caso.


Se você quer continuar conhecendo e aprendendo sobre estratégias para oferecer mais segurança, economia e produtividade às operações de transporte da sua empresa, baixe gratuitamente o nosso guia completo para gestão de frotas. Baixe aqui.

Autor

Jade Zart

Leia também

Que tal receber conteúdos incríveis como estes e totalmente de graça?

Inscreva-se e receba as melhores dicas e novidades para melhorar os seus resultados e de sua operação na gestão de sua frota.

O Prolog utiliza as informações de contato fornecidas à nós para informá-los de nossos produtos e serviços. Você pode deixar de ser inscrito a qualquer momento. Para saber mais informações de como ajustar suas configurações de privacidade, confira nosso “Termo de Uso” e nossa “Política de Privacidade”.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

Além destes, temos outros materiais para te ajudar na gestão de sua frota.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Soluções

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança.

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.